Página Inicial / Emprego / 22/03 CASAGRANDE PARTICIPA: da inauguração da unidade de fábrica de papel em Cachoeiro de Itapemirim

22/03 CASAGRANDE PARTICIPA: da inauguração da unidade de fábrica de papel em Cachoeiro de Itapemirim

O governador do Estado, Renato Casagrande, participou, na manhã desta segunda-feira (22), da cerimônia virtual de inauguração da unidade Cachoeiro de Itapemirim da fábrica de papel da Suzano, que tem capacidade de produção estimada em 30 mil toneladas/ano de papéis higiênicos, o que equivale 1 milhão de rolos/dia. O investimento é da ordem de R$ 130 milhões.

De acordo com a empresa, a nova fábrica deve alcançar a capacidade máxima de produção ainda no primeiro semestre deste ano. Com a inauguração da Unidade Cachoeiro de Itapemirim, o Espírito Santo ingressa no grupo de estados que produzem bens de consumo com a marca Suzano, empresa que é referência global em bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto.

Em sua fala, o governador destacou a importância do investimento para o município de Cachoeiro de Itapemirim e toda a região. “A Suzano tem três grandes projetos no Estado, que são investimentos importantes e geram emprego e renda. A fábrica de papel ter ido para Cachoeiro foi muito importante para o sul do Estado. A região sempre foi protagonista na política e na economia do Estado, mas com o tempo perdeu em representação econômica e produziu um debate para levarmos investimentos públicos e atrairmos empreendimentos privados. Com investimentos públicos que estamos direcionando e com a chegada de empresas, começamos a ver oxigenação na economia da região”, pontuou.

Casagrande defendeu ainda que, junto com a forte presença da indústria, as regiões também passam a contar com um comércio forte, uma mão de obra qualificada, salários maiores e uma gama de oportunidades para todos.

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico, Tyago Hoffmann, e o assessor de Atração de Investimentos e Negócios Internacionais da Sectides, Gabriel Martins Feitosa, entre outras autoridades, também acompanharam o evento on-line.

A equipe da Unidade Cachoeiro de Itapemirim já conta com cerca de 80 profissionais, a maioria recrutada na região. A Suzano é signatária de alguns compromissos públicos alinhados às suas metas de longo prazo e aos seus valores organizacionais e entre eles está o de ter 30% de mulheres e 30% de negros em cargos de liderança até 2025. A expectativa é de que novas oportunidades para os capixabas vão surgir a partir deste investimento.

Para o secretário Tyago Hoffmann, o investimento vai impactar de maneira positiva a economia do Estado. “Esta é uma iniciativa do setor produtivo que está em sintonia com o Plano Espírito Santo – Convivência Consciente implementado pelo Governo do Estado, no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O governador Renato Casagrande tem tomado decisões importantes para manter o Estado no caminho certo e por isso, o território capixaba tem sido atrativo para grandes empresas interessadas em implantar sua sede ou ampliar projetos no Espírito Santo. Somos Nota A, de acordo com dados do Tesouro Nacional, temos medidas tributárias e fiscais que incentivam a abertura de novos negócios. Nossa meta é gerar emprego e renda para os capixabas e estimular o desenvolvimento em todas as regiões. A inauguração desta unidade é muito bem-vinda. Estamos de braços abertos para receber esta e muitas outras empresas”, disse;

Com a inauguração da Unidade Cachoeiro de Itapemirim, a Suzano amplia sua presença no Espírito Santo, onde já conta com uma Unidade de Produção de Celulose, em Aracruz, que opera há mais de 50 anos e também fomenta a mão de obra e a parceria com fornecedores locais.

Além dos empregos próprios, a Suzano movimenta uma cadeia de negócios que representa oportunidade para empresas da região que atuam em atividades como fornecimento de alimentação, transporte, segurança, higiene e limpeza, entre outros serviços. São quatro empresas parceiras atuando diretamente em atividades de rotina, além de outras que atuam no fornecimento de transporte de insumos e materiais na região de Cachoeiro de Itapemirim.

Para o gerente de Relações Corporativas da Suzano no Estado, Daniel Ramos, estar presente em Cachoeiro de Itapemirim é motivo de muita honra para a Suzano, pois a empresa sabe da importância do município na história econômica, social, intelectual e política do Estado. “Nossa Capital Secreta do Mundo, terra de tanta gente importante, agora é terra da Suzano também. O investimento é fundamental para gerar um novo ciclo de prosperidade econômica do sul do Espírito Santo, onde sabemos que Cachoeiro exerce papel de liderança histórica”, afirmou.

Em relação ao Governo do Estado, o gerente destacou a velocidade das tratativas legais, o espírito pró-negócio da equipe do Governo e Legislativo, bem como a vontade de fazer acontecer. “Em meio a uma enorme pandemia, sonhamos, planejamos, construímos e já estamos operando. A pandemia ainda nem acabou, mas o Estado e a Suzano já deram respostas na forma de emprego, renda e oportunidade para os capixabas. O Estado do Espírito Santo talvez tenha sido um dos únicos, ou até mesmo o único estado do País, a iniciar e concluir um investimento deste porte em 2020/21”, pontuou Ramos.

Das duas linhas de produção da nova unidade estão saindo os papéis das marcas Mimmo (folha tripla e folha dupla) e Max Pure (folha dupla). A produção da nova unidade vai abastecer os estados da região Sudeste do Brasil. A logística de abastecimento inclui o Centro de Distribuição (CD) da empresa, localizado em Viana, de onde os papéis da marca Suzano (sanitários, de imprimir e escrever) são distribuídos para o Espírito Santo e outras regiões. Com área de 8 quilômetros quadrados, o CD recebe materiais, principalmente da Unidade Mucuri (BA) e de Cachoeiro de Itapemirim.

Plano Espírito Santo — Convivência Consciente

É um conjunto de ações envolvendo órgãos do poder público e do setor produtivo para promover o desenvolvimento econômico, priorizando as pessoas, com o objetivo de reduzir os impactos sofridos pela população capixaba em decorrência da pandemia da Covid-19. São previstos mais de R$ 32 bilhões em investimentos dos Governos Federal, do Estado e do setor privado até o final de 2022. A estimativa é de que sejam criadas mais de 100 mil vagas de emprego.

O Plano apresenta sete eixos de atuação: Desburocratização; Medidas Tributárias; Crédito e Financiamento; Monitoramento dos Impactos na Economia; Aceleração dos Investimentos Públicos e Privados; Inovação e Tecnologia e Geração de Emprego e Renda.

O Conselho Gestor do Plano Espírito Santo — Convivência Consciente é formado pelas Secretarias de Economia e Planejamento (SEP); Mobilidade e Infraestrutura (Semobi); Fazenda (Sefaz); Governo (SEG), Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico (Sectides), que vão acompanhar de perto a implementação das medidas previstas no Plano. O Conselho será responsável ainda pelas orientações a serem seguidas conforme as prioridades do Governo, propondo ações de rearranjo da conjuntura econômica e potencializando a recuperação da economia do Estado.

 

Você pode Gostar de:

12/04 AGORA: PF desarticula transporte de drogas em aviões

Belo Horizonte/MG – Na manhã de hoje (12/4), a Polícia Federal deflagrou a Operação Policial “FLIGHT …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *