Página Inicial / Fiscalização / 24/08 AGORA: PF investiga desvio de mercadorias nos Correios com a participação de funcionários que encaminhavam para receptadores venderem na internet

24/08 AGORA: PF investiga desvio de mercadorias nos Correios com a participação de funcionários que encaminhavam para receptadores venderem na internet

972efcbf-d6ef-4f2d-ac51-23775f4c4ce8.jpg

Manaus/AM – A Polícia Federal, com apoio da Receita Federal do Brasil, deflagrou nesta terça-feira (24/8), a Operação Desvio de Conduta, para investigar fatos relacionados a desvio de produtos que se encontravam no fluxo postal – Correios.

Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão temporária e dois mandados de afastamentos cautelares, todos cumpridos na cidade de Manaus/AM.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 4ª Vara Federal do Amazonas.

Segundo as investigações, um servidor e uma funcionária da Receita Federal do Brasil – RFB – que trabalhavam na atividade de fiscalização do órgão, realizavam desvios sistemáticos de mercadorias que se encontravam no fluxo postal e encaminhavam para receptadores que tinham a incumbência de vender esses produtos nas plataformas digitais.

A PF apura ainda a possível participação de funcionários dos Correios, bem como de terceiros nos crimes.

Os indiciados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de peculato, pertencimento a organização criminosa e receptação.

Se condenados, poderão cumprir pena de até 19 anos de reclusão.

O nome da operação é uma alusão aos funcionários que deveriam zelar pela fiscalização e bom funcionamento das instituições, mas, por um desvio de conduta, acabaram adentrando no mundo do crime.

Fonte/Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no Amazonas

Você pode Gostar de:

ESPÍRITO SANTO: Polícia Federal combate contrabando de migrantes, uma delas, inclusive, já foi indiciada e presa pelo mesmo crime

Vila Velha/ES – A Polícia Federal cumpre na sexta-feira (24/9) mandado de busca e apreensão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *