Página Inicial / Geral / 28/09 PF desarticula grupo criminoso que comercializava carros alugados com a utilização de documentos falsos o prejuízo estimado é superior a R$ 5,5 milhões 

28/09 PF desarticula grupo criminoso que comercializava carros alugados com a utilização de documentos falsos o prejuízo estimado é superior a R$ 5,5 milhões 

2b615aa4-bdae-4e24-a068-ba0443717804.jpg
3d5ed919-9af1-4ba3-b900-031c5473a561.jpg
43ed7d76-47d5-4ce2-892d-fedc5c4471f4.jpg

Uberlândia/MG – A Força Tarefa de Segurança Pública de Uberlândia, em apoio à Polícia Civil mineira, deflagrou nesta terça-feira, 28/9, a Operação Rent’s a Car, no intuito de combater os ilícitos praticados por associação criminosa que atua na cidade de Uberlândia, com ramificações nos estados de Goiás, Piauí e São Paulo.

São cumpridos 12 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão em Minas Gerais, na cidade de Uberlândia, e em Goiás, nas cidades de Catalão e Itumbiara.

Os investigados são suspeitos de comercializarem ilegalmente veículos locados em agências de aluguel de automóveis. A prática criminosa consiste em transferir a propriedade de carros alugados para pessoas com documentos falsos e, após, vendê-los a terceiros de boa-fé. Foram identificados 58 veículos apropriados pelos criminosos.

O prejuízo estimado é superior a R$ 5,5 milhões dentre produtos e proveitos da empreitada criminosa.

A expressão Rent’s a Car, do idioma Inglês, faz referência às agências de aluguel de carros ou locadoras de veículos, as quais foram vítimas dos crimes praticados pela associação investigada.

Os presos serão encaminhados para o Presídio Professor Jacy de Assis e poderão responder pelos crimes de associação criminosa, estelionato, falsidade documental, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e peculato eletrônico.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde, a FTSP/UDI prossegue com seu trabalho.

Fonte/Foto: Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

Você pode Gostar de:

AGORA: Capital do Sudão é fechada após tomada do poder que provocou tumultos e deixou pelo menos sete mortos

Ruas foram bloqueadas, lojas fechadas, os telefones não estavam funcionando e os alto-falantes das mesquitas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *