Página Inicial / Fiscalização / 29/07 PF combate organizações criminosas  por contrabando e falsificação de vacinas, medicamentos e testes diagnósticos de covid-19

29/07 PF combate organizações criminosas  por contrabando e falsificação de vacinas, medicamentos e testes diagnósticos de covid-19

a1354be1-c639-41d5-9002-1aef36666ddc - Copia.jpg
Eslabon.jpg
Eslabon 2.jpg
Brasília/DF – Entre os meses de fevereiro e maio de 2021, foram realizadas investigações e ações de fiscalização simultâneas, além do compartilhamento de informações de inteligência em sede de cooperação policial internacional, entre nove forças policiais integrantes da Comunidade de Polícias da América – AMERIPOL, (ARGENTINA, BOLIVIA, BRASIL, COLÔMBIA, EQUADOR, EL SALVADOR, GUATEMALA, PANAMÁ e REPÚBLICA DOMINICANA ), em parceria com o Organismo Europeu de Luta Antifraude – OLAF e com o programa EL PAcCTO Support to Ameripol, resultando na Operação ESLABÓN II*.

A operação tem como objetivo o desmantelamento de diversas organizações criminosas dedicadas ao contrabando e/ou falsificação de vacinas, medicamentos, testes diagnósticos (PCR e de Antígenos), insumos e instrumentos médicos; associados à Pandemia do COVID-19, nos referidos países da América do Sul e Central.

Ao todo foram cumpridas 183 ordens de prisão, dentre prisões em flagrante e mandados de prisão preventiva ou temporária, cumpridos 49 mandados de busca e apreensão, sequestrados 11 veículos e apreendidos mais de 6 milhões de equipamentos médicos, mais de 2 milhões de medicamentos, quase 19 mil testes de diagnósticos para Covid-19 (PCR e Antígenos) e quase 5 mil instrumentos médicos.

Ao longo de todas as investigações, foram desarticuladas 40 organizações criminosas dedicadas à falsificação ou ao contrabando de vacinas, insumos ou equipamentos relacionados à Pandemia do COVID-19.

Essas organizações criminosas desenvolviam suas atividades criminosas e lucravam indevidamente com as necessidades dos cidadãos afetados pela pandemia nos mais variados países do continente americano.

Com esta ação, uma importante fonte de recursos ilegais foi afetada em mais de US$ 8 milhões, quantia estimada de todos os bens e produtos ilegais apreendidos.

No tocante ao Brasil, a Polícia Federal foi a responsável pela realização de 43 prisões em flagrante e pela condução de 103 inquéritos policiais, que tiveram como resultado a desarticulação de 34 organizações criminosas.

É importante destacar que com essas ações a AMERIPOL reafirma seu compromisso com a integração para a proteção e segurança de todos os cidadãos dos continentes americanos.

*Eslabon é um termo em espanhol para designar o ELO de uma corrente. O nome dado à operação traduz a necessidade da cooperação policial entre os mais diversos países para o sucesso no combate à criminalidade organizada transnacional.

Fonte/Foto: Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal

Você pode Gostar de:

ESPÍRITO SANTO: Polícia Federal combate contrabando de migrantes, uma delas, inclusive, já foi indiciada e presa pelo mesmo crime

Vila Velha/ES – A Polícia Federal cumpre na sexta-feira (24/9) mandado de busca e apreensão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *