Página Inicial / Geral / CASAGRANDE PARTICIPA: de visita à Fábrica da União Química

CASAGRANDE PARTICIPA: de visita à Fábrica da União Química

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, participou, na manhã de terça-feira (02), em Brasília (DF), da visita à fábrica da União Química, responsável no Brasil pela produção da vacina Sputnik V, da Rússia. Segundo Casagrande, o objetivo da visita é incorporar novos fornecedores de vacinas e acelerar o Plano Nacional de Imunização (PNI).

“A Sputnik V tem capacidade de ofertar 10 milhões de doses nos meses de março e abril. E a partir de abril, o laboratório tem condições de produzir oito milhões de doses por mês. Somadas às vacinas do Butantan e Fiocruz, podemos acelerar o PNI. Esse é o nosso intuito com a visita”, destacou.

Além de Casagrande, a visita teve a presença dos governadores de Minas Gerais, Romeu Zema; Alagoas, Renan Filho; Tocantis, Mauro Carlesse; Ceará, Camilo Santana; Pernambuco, Paulo Câmara; Piauí, Wellington Dias; e Mato Grosso, Mauro Mendes, e também de representantes do Ministério da Saúde e da embaixada russa.

Casagrande comentou que os governadores estão dispostos a adquirir vacinas para acelerar o PNI, porém o Ministério da Saúde afirmou que irá comprar e disponibilizar todas as vacinas disponíveis, incluindo a Sputnik. “Se for preciso, compraremos. O Ministério da Saúde está dizendo que não será preciso, que comprarão todas as vacinas. Mas, nós governadores, nos colocamos à disposição para comprar e incorporar ao PNI. Importante destacar que o Ministério da Saúde disse que poderão ampliar a entrega e comprar 38 milhões de doses nos próximos três meses com a Sputnik, Covax e Biontec”, ressaltou.

Após a visita à fábrica da União Química, os governadores seguem para a Residência Oficial do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, onde haverá uma reunião sobre a aquisição das vacinas.

Foto: Vera Canfran / GovernoES

 

Você pode Gostar de:

23/09 AGORA, REFORMA ELEITORAL: Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) elogia proposta aprovada pelo Congresso, texto segue para promulgação com prazo até 2 de outubro, veja  

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, elogiou hoje (23) a aprovação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *