Página Inicial / Empreendedorismo / NOTÍCIA BOA: Samarco alcança produção de 4,4 milhões de toneladas de minério ferro, a empresa embarcou 47 navios com destino a vários países

NOTÍCIA BOA: Samarco alcança produção de 4,4 milhões de toneladas de minério ferro, a empresa embarcou 47 navios com destino a vários países

 

 

Belo Horizonte, 3 de agosto de 2021 – A Samarco atingiu em julho, sete meses após a retomada de sua produção, em dezembro de 2020, o volume de 4,4 milhões de toneladas de minério de ferro e pelotas produzidas para atender os mercados interno e externo.

Ao longo dos últimos meses, a empresa embarcou 47 navios com destino a vários países.

Nesse contexto, para preservar suas operações, a Samarco iniciou em abril o processo de recuperação judicial, acolhido pela Justiça mineira. A recuperação judicial protege a empresa contra ações de credores do mercado financeiro internacional.  

  

Na semana passada, a empresa obteve a aprovação da Justiça de Minas Gerais para obter financiamento no valor de US$ 225 milhões, por meio de um mecanismo conhecido como DIP Financing – específico para empresas em situação de recuperação judicial.

A autorização para o empréstimo foi dada pela 2ª Vara Empresarial de Belo Horizonte, que reconheceu a necessidade da empresa por recursos que garantam sustentação das suas operações ao longo do processo de recuperação judicial.  

  

Atualmente, com 26% de sua capacidade produtiva, a empresa emprega mais de 6 mil pessoas, direta e indiretamente, nos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, além de atuar com 1.533 fornecedores.   

  

Segurança 

O caminho até a empresa ampliar a capacidade foi traçado considerando o novo modelo de produção e o cumprimento das suas obrigações no campo social e ambiental, com foco na segurança e sustentabilidade de suas operações.  

  

O gerente geral comercial e de marketing da empresa, Renato Pereira, ressalta que a Samarco retomou as operações de uma forma diferente, por meio da implementação de um sistema de filtragem de rejeitos que possibilita seu empilhamento a seco, sem a necessidade do uso de barragens.  

  

“A Samarco se empenhou ao longo dos últimos anos em um projeto que chamamos de prontidão operacional, que possibilitou a verificação de todos os processos produtivos e corporativos para garantir um retorno seguro e estruturado. Nosso foco é produzir com segurança”, afirmou.  

  

Ainda segundo Pereira, “mesmo durante os cinco anos em que estivemos com as operações paralisadas, seguimos mantendo relacionamento estreito com nossos clientes, o que também contribuiu para o nosso retorno de maneira estruturada.

A retomada das operações é uma conquista para todos nós e fruto de muito esforço e dedicação, o que nos possibilitou dar este importante passo. Estamos atualmente operando com 26% da capacidade e outros passos serão necessários até atingirmos a capacidade plena, mas queremos dar um passo de cada vez”, afirmou.  

  

Sobre a Samarco 

A Samarco é uma empresa de capital fechado, uma joint venture de propriedade da Vale e da BHP. Com sede em Belo Horizonte (MG), é um empreendimento integrado, com duas unidades operacionais: o Complexo de Germano, em Mariana (MG), que contempla as minas e as plantas de beneficiamento de minério de ferro, e o Complexo de Ubu, em Anchieta (ES), onde estão as usinas de pelotização e o terminal portuário.

Você pode Gostar de:

Sob efeito da La Niña, primavera começa esta tarde, fenômeno deve afetar regularidade das chuvas em várias regiões

 A primavera começa, oficialmente, hoje (22) à tarde no hemisfério Sul. Segundo especialistas, o chamado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *