Página Inicial / Fiscalização / ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA: Deic prende quatro homens suspeitos na receptação de veículos em Cachoeiro de Itapemirim

ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA: Deic prende quatro homens suspeitos na receptação de veículos em Cachoeiro de Itapemirim

A Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Cachoeiro de Itapemirim prendeu, em flagrante, quatro homens envolvidos em uma organização criminosa suspeita de receptar veículos furtados e roubados.

Eles foram presos dentro de uma oficina clandestina, localizada no bairro Campo de Leopoldina, em Cachoeiro de Itapemirim, na sexta-feira (30).

Durante a prisão, os suspeitos estavam desmontando um veículo com restrição de furto/roubo, do Estado de Minas Gerais.

No local, também foram apreendidos um motor de um veículo Ford EcoSport, que também encontrava-se com restrição, além de, aproximadamente, 200 motores de veículo já desmontados.

“As investigações tiveram início após dezenas de veículos que foram recuperados nos últimos meses, por investigadores da Deic, a partir das quais foi iniciada a identificação de alguns suspeitos”, conta o titular da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Cachoeiro de Itapemirim, delegado Rafael Amaral.

No local, ainda foi realizada vistoria em cinco motores, que também estavam com restrição de furto/roubo.

O lugar foi lacrado e o material apreendido foi recolhido ao Pátio da Polícia Civil. Os suspeitos de 23, 25, 45 e 51 anos foram encaminhados à Delegacia Regional de Cachoeiro de Itapemirim, onde foram autuados pelo crime de receptação qualificada e encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim.

As investigações sobre o caso continuam, pois existe suspeita de que há mais pessoas envolvidas, tanto no roubo quanto na receptação.

Posteriormente, serão realizadas ações para identificar os proprietários dos veículos roubados.

 

Você pode Gostar de:

22/09 AGORA WENDEL LIMA: Em audiência pública na CMG cobra da prefeitura e governo do estado a obra de Meaípe, veja o vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *