Página Inicial / Fiscalização / PF: desvios de recursos públicos e fraudes em licitação

PF: desvios de recursos públicos e fraudes em licitação

Santa Cruz do Sul/RS – A Polícia Federal cumpriu na sexta-feira (27/11) dois mandados de busca e apreensão nos municípios de Osório e Terra de Areia, na segunda etapa da Operação Camilo. A ação visa à obtenção de novos elementos de prova para o esclarecimento de crimes de fraude à licitação e desvio de recursos públicos na área da saúde.

A nova fase em curso investiga a possível ocorrência de prática criminosa envolvendo a mesma organização social (OS) que administrava o Hospital de Rio Pardo, na gestão de unidades de saúde de outros municípios, bem como a participação de lobistas junto a agentes políticos e servidores no sentido de favorecer a OS em certames licitatórios.

A Operação Camilo foi deflagrada em 27 de maio pela Força-Tarefa integrada pela Polícia Federal, Controladoria Geral da União, Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, Ministério Público Federal e Ministério Público do Rio Grande do Sul e cumpriu 129 medidas judiciais em investigação que apura crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção passiva, organização criminosa, ocultação de bens, crime de responsabilidade e desobediência. O prejuízo estimado é de R$ 15 milhões de reais em recursos da saúde repassados pela União e pelo estado do Rio Grande do Sul a uma Organização Social.

Fonte/Foto :Comunicação Social da Polícia Federal em Santa Cruz do Sul

 

Você pode Gostar de:

19/10 AGORA: PF investiga grupo criminoso responsável pela remessa de drogas para a Europa a partir de aeronaves militares

Brasília/DF – A Polícia Federal deflagrou hoje (18/10), em Brasília/DF, a 4ª fase da Operação Quinta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *