Página Inicial / Fiscalização / PF: Operação combate exploração ilegal de diamantes

PF: Operação combate exploração ilegal de diamantes

Ji-Paraná/RO – A Polícia Federal deflagrou ontem (16/3) a Operação Investor, para desarticular grupo criminoso voltado para a prática de crimes ambientais, relacionados à exploração ilegal de diamantes na Terra Indígena Sete de Setembro e Reserva Roosevelt, localizadas nos municípios de Cacoal e Espigão do Oeste, respectivamente.

Aproximadamente 35 policiais federais deram cumprimento a 7 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Vara Federal de Vilhena/RO, nas cidades de Espigão do Oeste/RO, Cerejeiras/RO, Clementina/SP, Montenegro/RS e Domingos Martins/ES.

As investigações tiveram início após a informação de que uma pessoa estaria procurando investidores na internet para atuação e exploração de diamantes em garimpo em terras indígenas no estado de Rondônia. A pessoa foi identificada como sendo um garimpeiro residente na cidade de Espigão do Oeste/RO.

No decorrer das investigações, a Polícia Federal identificou investidores do garimpo, além de intermediadores, garimpeiros e indígenas envolvidos com a atividade ilegal. Os investidores, residentes em outros Estados, enviaram aos garimpeiros altas quantias, a fim de financiar a atividade ilícita, bem como, comercializaram os diamantes extraídos com pessoas residentes em outros países.

Os investigados responderão, na medida de sua participação, pelos crimes previstos no Art. 55 da Lei 9.605/98 e Art. 2º da Lei 8.176/91, além de outros crimes que porventura possam surgir no decorrer das investigações.

 Fonte/Foto: Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia

Você pode Gostar de:

10/04 AGORA: aumento de casos de covid em menores de 59 anos supera 1.000%

Os casos de covid-19 nas faixas etárias de 30 a 39 anos de idade, de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *